UA-41473023-1
Nossa missão é realizar atividades culturais e sociais nas comunidades que promovam oportunidades de socialização, diversão e renda aos envolvidos, contribuindo para a melhora na qualidade de vida na periferia e o resgate de seu espaço-social

quinta-feira, 18 de agosto de 2011

100% Hip Hop no Rua D’Arte

O Projeto Rua D’Arte, que aconteceu Sábado, dia 06/08, nas dependências da escola E.E. Profª Josefina Maria Barbosa é resultado da articulação entre dois projetos distintos: o projeto Rua D’Arte, do Coletivo Fora de Frequência, e o Hip Hop Conectando Quebradas: de Inocência a Maria da Penha, do Centro Maria Mariá em parceria com a Associação A Banca.


A festa contou com a apresentação de Borracha Beat Box e discotecagens de DJ Rebeldia e DJ Bola e reuniu os 5 elementos da cultura Hip Hop (DJ, MC, dança de rua, conhecimento e o Graffiti). No elemento Graffiti teve artistas dos quatro cantos da cidade de São Paulo que marcaram presença no Rua D’Arte com suas intervenções.

O projeto contou com a participação dos Graffiteiros: Binho da crew 3º Mundo residente da Z/N e um dos pioneiros dessa manifestação no Brasil e América Latina, Tito da crew 2 mil Família da Z/L, Grego da Z/S, Thiago Bender da Z/O e Rafael Patrese do Taboão da Serr.

 

Binho, além do live paint (demonstração em pintura ao vivo), ministrou a 1ª oficina de Graffiti do Rua D'Arte que teve dois momentos. No primeiro momento rolou uma troca de ideia descontraída com os(as) educandos(as) sobre o Graffiti e seu dia-a-dia como artista aproveitou para observar algumas produções (desenhos) dos(as) educandos(as) e dar alguns toques. Em seguida aconteceu a oficina prática no muro onde passou alguns exercícios de iniciação e deu orientações importantes de algumas técnicas de spray.

Alanshark do Fora de Frequência de improviso ministrou uma oficina de MC com alguns adolescentes presentes auxiliado por um de seus educandos mais antigos, Marinho no Beat Box. Já o DJ Bola da A Banca ministrou oficina de DJ e contou com participação empolgada dos educandos presentes.



No evento foi realizado o seminário Construindo Consciência de Gênero mediado por Fabiana Ivo com mesa composta por Rosa Pontes (Semeando Gênero) e Gabriel Di Pietro (Instituto Sou da Paz) e o Caldo Cultural (caldo de mandioca) servido gratuitamente, ambos iniciativas trazidas pelo Centro Maria Mariá.

As atividades do dia foram encerradas com as apresentações musicais dos grupos Fora de Frequência, Pelo$erto, Matéria da Rua, Kbça MC e A Banca encerrando com ensaio aberto que contou com participação de Kapoth MC, Diel, Marinho e Poesia Periférica. Todos são artistas residentes do distrito do Jd. Angela e empolgaram o público presente com suas apresentações.

Um comentário:

  1. E ai manos blz? Por favor, sempre citem o autor do texto. Obrigado

    ResponderExcluir